Um homem de 55 anos, suspeito de abusar sexualmente há cerca de cinco anos de sua enteada, uma mulher com necessidades especiais de 37 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira, dia 07, no centro de Boa Esperança. Ele foi detido por policiais civis em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca do município.

Segundo a Polícia Civil, o crime foi descoberto após a vítima sempre chegar machucada em uma escola para pessoas especiais. Ao ser questionada por uma professora, a vítima relatou o que estava acontecendo. A mãe da vítima, até então, não sabia dos abusos praticados pelo padrasto.
Diante das informações, a Delegacia de Boa Esperança iniciou as investigações, que culminaram na detenção do acusado. O suspeito já havia recebido da justiça, há cerca de 40 dias, uma ordem de afastamento do lar, mas continuava rondando o imóvel em que a vítima morava com a mãe.
O acusado foi encaminhado para a Delegacia da cidade e, logo em seguida, transferido para o DPJ de São Mateus.

DEIXE AQUI SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do portal