As inscrições para o programa CNH Social – que oferece habilitação grátis para pessoas com baixa renda – começam a partir da 0h desta quarta-feira (7) e vão até o dia 5 de abril. Serão no total nove mil vagas durante todo o ano, sendo três mil nesta primeira etapa do processo seletivo.

CNH Social: veja quem tem direito e como se inscrever
CNH Social: veja quem tem direito e como se inscrever

Para fazer a inscrição é necessário ganhar até dois salários mínimos, ter 18 anos ou mais e participar do CadÚnico, o cadastro para programas sociais do Governo Federal (entenda abaixo). 75% das vagas serão para primeira habilitação, 10% para adição de categoria A ou B e 15% para mudança de categoria C, D ou E.
Segundo o diretor do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES), Romeu Scheibe Neto, as duas primeiras fases, de inscrição e de seleção, serão feitas online – ou seja, não será necessário levar nenhuma documentação.
“O programa tem três fases: inscrição, seleção e habilitação. Nas duas primeiras é totalmente online. O processo de seleção acontece no dia 19 de abril, quando teremos a publicação do resultado das três mil pessoas que estarão no programa”, explicou.
Para se inscrever, é necessário entrar no site do Detran (detran.es.gov.br). Lá, existe uma aba “CNH Social”. Depois é só clicar no final da página que será aberta o botão para inscrição. Basta preencher a documentação e pronto. Depois do procedimento, é só esperar o resultado da primeira etapa das inscrições neste ano, que sai no dia 19 de abril.

A etapa final será a de exames: médico e psicológico, além de toxicológico, para o caso de quem vai adicionar as carteiras C, D e E. Nesta quarta-feira além das inscrições, será publicado também uma instrução normativa, uma espécie de edital com as regras do processo.

DEIXE AQUI SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do portal